Receita de Angu Da Preguiça (Com Couve)

Posted: 23 de fev de 2012 by Lux Alt in Marcadores: , , ,
0

Ter toda a riqueza que a fama poderia trazer não fez com que Nix da banda Rotten Blood esquecesse o maravilhoso sabor dum simples angu dos seus tempos de vagabundo solitário. Lembrava como era agradável chegar a casa e ter aquilo para fazer antes de dormir de ressaca, mesmo com toda a preguiça.
Porém, não existiam mais órgãos para digerir aquele gosto. Tudo atrofiou quando ele quis se tornar só mais um zumbi. E apesar do sangue alheio ser para ele agora saboroso, o angu sempre é bem lembrado principalmente pela facilidade inerte. Afinal, beber sangue alheio nem sempre é tão fácil.

***

Ingredientes:
2 xicaras de chá de fubá;
5 xícaras de chá de água;
1 tomate grande (Nem madura, nem verde);
1 Cebola média;
3 dentes de alho;
1 molho pequeno de couve folha;
1 colher de chá de tempero preparado de sal e alho;
Coentro, sal e pimenta do reino a gosto.

Modo de preparo:
Numa panela refogue o alho amassado, e a cebola picada em azeite ou óleo. Adicione 4 xícaras de água, sal e todo o fubá. Agora deve mexer até levantar fervura. Adicione a tomate picada em cubinhos e a couve fatiada em finas tirinhas. Adicione a outra xícara de água e o resto dos ingredientes (temperos). Após levantar novamente fervura, mexer por 15 minutos. Está pronto! O segredo é não parar de mexer, para não criar o famoso caroço no angu.

Aqui há duas opções de como servir: Uma é ele ainda quente e sem forma. Ou unte uma cumbuca com algumas gotas de azeite, ponha o angu no recipiente e deixe resfriar por 15 a 20 minutos, logo desenforme.

***

Angu é um prato típico da culinária brasileira preparado geralmente com fubá (farinha de milho). Nas regiões em que houve influência de imigrantes italianos, o angu passou a ser conhecido como polenta, prato italiano com receita praticamente igual.
O nome angu vem da palavra àgun do idioma africano fon da África Ocidental, onde a palavra se referia a uma papa de inhame sem tempero. A palavra angu passou a ser usada no Brasil para papas feitas com farinha de mandioca ou de milho. Posteriormente a palavra angu passou a ser usada apenas para as papas feitas com fubá, enquanto as papas feitas de farinha de mandioca passaram a ser chamadas de pirão.

O Milho
O milho (Zea mays), também chamado abati, auati e avati, é um cereal, cultivado em grande parte do mundo. O milho é extensivamente utilizado como alimento humano ou ração animal, devido às suas qualidades nutricionais. É um dos alimentos mais nutritivos que existem, contendo quase todos os aminoácidos conhecidos, sendo exceções a lisina e o triptofano.
Contém um alto teor de carboidratos, além de ser energético (cada 100 gramas de milho possui cerca de 100 calorias). Possui vitaminas E, A e B1, além de sais minerais (fósforo, cálcio e potássio).

No Brasil, que também é um grande produtor e exportador, atualmente, somente cerca de cinco por cento da produção brasileira se destina ao consumo humano e, mesmo assim, de maneira indireta na composição de outros produtos. Isto se deve principalmente à falta de informação sobre o milho e à ausência de uma maior divulgação de suas qualidades nutricionais, bem como aos hábitos alimentares da população brasileira, que privilegia outros grãos.

Referência: Wikipédia, a enciclopédia livre.

0 coments: