As Incríveis Aventuras Do Ego

Posted: 21 de out de 2013 by Lux Alt in Marcadores: , , , , ,
0

Um abutre sorriu para mim...
No deserto árido e nebuloso.
Tantas estradas rumo ao fim...
Nenhum suspiro de sonho glorioso.

A areia se dissipou em vento...
No deserto das doces lembranças.
Alvitres do melhor momento...
Em lama sem forças ou esperanças.

O escorpião me guiou pelo jardim,
Mostrando a dor de ser rancoroso.
Sentimentos ceifados como capim,
Sem mais remorsos após o gozo!

Uma serpente ensinou-me danças...
No pântano do esquecimento...
Em meio a tempestuosas mudanças,
Tudo convivido em apático sentimento,
Tanto ressentimento por nunca se permitir alianças.

0 coments: