Dissolvida Corrente

Posted: 31 de dez de 2013 by Lux Alt in Marcadores: , , , , ,
0

Quando as luzes apagarem,
Deixe de lado o egoísmo...
Tudo não passa de miragem,
Conquistas com doce cinismo.
Parte da oxidada engrenagem...
Sempre o afetivo consumismo.
Sempre a tentativa de vantagem...

Quando despertar realmente,
Talvez seja tarde para lamentar.
A vida esvai tão rapidamente,
Quanto o tempo se faz contar...
Estamos em flama decadente,
Incandescente vida a acorrentar.
O ego se torna completamente ausente,
Esperando a revolução acalentar...
Sob corrente social jaz a agonia perpetuar.


0 coments: