Receita de Moqueca de Caju

Posted: 6 de jan de 2014 by Lux Alt in Marcadores: , , , , ,
0

Ingredientes:
- 5 cajus maduros;
- 1 Leite de coco (200ml);
- 1 cebola média picada;
- 1 pimentão médio picado;
- 1 tomate média picada;
- ¼ de repolho ralado (ou picado bem pequeno);
- 3 dentes de alho amassados;
- Tempero para peixe (Não é tempero DE peixe heim!)
- Coentro picado à gosto;
- Páprica picante e pimenta do reino (opcional).

Modo de Preparo:
Esprema os cajus com auxilio dum espremedor de batatas, ou bata no liquidificador no modo pulsar (pouquíssimo tempo), só até soltar um pouco o suco. Termine de espremer com as mãos ao máximo para que fiquem bem secos. Desfie-os e reserve. (Beba o suco!)

Refogue o alho e a cebola em azeite, óleo, ou azeite de dendê. Misture com o caju espremido e desfiado e o repolho até dourarem.
Adicione o pimentão e a tomate e o tempero para peixe. Misture bem e adicione o leite de coco. Deixe ferver por um minuto e adicione 2 medidas de água.
Deixe cozinhar por quinze minutos. Ponha a páprica picante e a pimenta do reino (quanto baste) e o coentro. Tampe e deixe apurar por cinco minutos.
Sirva quente.



O Caju

O caju é muitas vezes tido como o fruto do cajueiro (Anacardium occidentale) quando, na verdade, trata-se de um pseudofruto. O que entendemos popularmente como "caju" se constitui de duas partes: o fruto propriamente dito, que é a castanha; e seu pedúnculo floral, o pseudofruto, um corpo piriforme, amarelo, rosado ou vermelho.

Na língua tupi, acaiu (caju) significa noz que se produz. Na tradição oral sabe-se que acayu ou aca-iu refere-se a ano, uma vez que os indígenas contavam a idade a cada floração e safra. O pseudofruto e fruto (propriedades e beneficiamento)

O caju, o pseudofruto, é suculento e rico em vitamina C e ferro. Depois do beneficiamento do caju preparam-se sucos, mel, doces, passas, rapaduras. Como seu suco fermenta rapidamente, pode ser destilado para produzir uma aguardente o cauim. Dele também são fabricadas bebidas não alcoólicas, como a cajuína.
Muito antes da chegada dos portugueses, o caju já era alimento básico das populações autóctones. Por exemplo: os tremembé já fermentavam o suco do caju, o mocororó, que era e é bebido na cerimônia do Torém.
Existe uma variedade enorme de pratos feitos com o caju e com a castanha de caju.
De suas fibras (resíduo/bagaço), ricas em aminoácidos e vitaminas, misturadas com temperos, é feita a "carne de caju".

Combate os radicais livres
Com cinco vezes mais vitamina C do que a laranja, essa fruta mantém o organismo resistente a infecções, auxilia no processo de cicatrização do tecido conjuntivo, e tem poder antioxidante, prevenindo tumores e outros males do envelhecimento. Já a niacina, uma das vitaminas do complexo B, também presente no caju, barra doenças de pele como a pelagra (problema que provoca inflamações na pele, diarreia e perturbações mentais) e dores de cabeça, especialmente a enxaqueca.

Fruto com pseudofruto.
O fruto propriamente dito é duro e oleaginoso, mais conhecido como "castanha de caju", cuja semente é consumida depois do fruto ser assado, para remover a casca, ao natural, salgado ou assado com açúcar.

Fonte: Wikipédia

0 coments: